A Realidade Machuca

Meu blog, não aconselhado pra falsos-moralistas, pessoas que procurem um blog com sentido, hipsters, usuários de Iphone e Ipad, fãs da saga Crepúsculo, fãs de bandas ruins e fanáticos religiosos.

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Então assisti o Ridiculus 6

Fonte da imagem: Nerd Bastards
Nesse último fim de semana assisti com a produção o filme Ridiculous 6 no Netflix. Queríamos ver se o filme era tão ruim quanto todo mundo estava falando e agora deixarei minhas impressões sobre ele.
Produzido pela Happy Madison Productions, produtora de filmes fundada por Adam Sandler, e distribuída pelo serviço de streamming de filmes e séries Netflix, The Ridiculous 6 conta como Faca Branca um índio branco, interpretado por Adam Sandler, vai em busca de dinheiro para salvar seu pai de seu próprio grupo de foras da lei. E conforme Tommy (o nome verdadeiro do personagem) viaja pelo velho oeste ele encontra 5 pessoas que também são filhos de seu pai. Passando por diversas situações cômicas, os 6 Ridículos (como eles próprios acabam se intitulando) juntam dinheiro para resgatar seu pai e seguem viagem para encontrar o Moinho de vento cantante.
Contando com grandes comediantes além de Adam Sandler, temos a presença de Terry Crews, Luke Wilson e Jorge Garcia e até a participação do Rapper mais branco do mundo, Vanilla Ice. O filme não mediu limites incluindo Taylor Lautner, o famoso Jacob dos filmes da Saga Crepúsculo, fico feliz por ele ter conseguido um papel que me fez rir e foi intencionalmente.
O filme tem cenas que definitivamente foram engraçadas, levando em conta que humor bobo e humor "de banheiro" me fazem rir muito, Desde o roubo ao banco, até a cena em que o Herm, Jorge Garcia, explica para os rapazes como ele foi que Stockburn, Nick Nolte, e sua mãe o fizeram, foram muitas e muitas risadas. Mesmo quando o Ramon, Rob Schneider, acidentalmente decapita o dono do Pepita de Ouro, apesar de chocante, nos fez rir também.
Porém as coisas que fizeram o filme ficar pior foram, as cenas "tristes" que o Adam Sandler tenta colocar em todos os seus filmes, nessa vez não foram boas, cortaram a passada rápida e cômica que o filme devia ter, o excesso de flashbacks, com exceção dos momentos que ocorreram momentos antes do assassinato do presidente Abe Lincon, e o único momento que eu queria ter visto um flash back, que falava de algo importante, não foi mostrado. E o climax do filme que mostra a traição que o pai fez com o Tommy e os outros, destruiu o pouco de boa impressão que o filme tinha, tivesse acabado após os bandidos irem embora o filme seria consideravelmente melhor.
Fechando o assunto agora, eu aconselho sim que assistam o filme, é ver para crer mesmo, não digo que o filme é digno de se ver mais de uma vez, mas é algo que é bom ser visto uma vez mesmo.
Eu dou a esse filme uma nota de 2 latas de lixo de 5. (Esse será o sistema de nota para filmes ruins, aceitem.)